JOGO FALADO, F.C.Porto - Chelsea, Champions League J-5, no blog Varanda-do-Dragão.
Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

Ele é... Juary!!!

Juary Jorge dos Santos Filho nasceu em S. João de Meriti no dia 16 de Junho de 1959.
Iniciou-se na formação do Santos onde passou a profissional em 1977. No clube de São Paulo manteve-se durante três anos e venceu o Campeonato Paulista de 1978. Na temporada de 1979/80 transferiu-se para o América do México e na época seguinte viajou para Itália onde representou o Avellino (1980/81 e 1981/82), Inter de Milão (1982/83), Ascoli (1983/84) e o Cremonese (1984/85).
Na temporada de 1985/86 chegou ao Futebol Clube do Porto e logo no primeiro jogo do campeonato disputado no Estádio das Antas contra o Benfica, Juary apontou o seu primeiro golo em jogos oficiais com a camisola azul e branca, num jogo em que o FC Porto venceu por 2-0. Ainda nessa temporada ficou para a memória de todos os portistas a partida da segunda-mão da Taça dos Clubes Campeões Europeus contra o FC Barcelona nas Antas, depois de ter perdido o primeiro jogo por 2-0. Juary entrou aos 66 minutos e marcou os 3 golos da vitória mas que não foram suficientes para eliminar os espanhóis que conseguiram marcar 1. No final dessa temporada, Juary sagrou-se Campeão Nacional e venceu também a Supertaça.
Na época de 1986/87 o pequeno brasileiro voltou a ser importante na caminhada europeia que levou o FC Porto à final de Viena onde derrotou os alemães do Bayern de Munique por 2-1, e onde Juary fez a assistência para o primeiro golo apontado por Madjer, e marcou o segundo.
Na temporada seguinte voltou a conquistar o Título de Campeão Nacional e a vencer a Taça de Portugal. Mas tal como tinha acontecido na época anterior, as principais conquistas foram alcançadas a nível internacional. Primeiro foi a épica vitória na Taça Intercontinental defronte do Peñarol do Uruguai num jogo disputado em Tóquio sobre um manto de neve. Um mês mais tarde nova conquista, desta vez na Supertaça Europeia onde o FC Porto defrontou e venceu os holandeses do Ajax por 1-0 nas duas mãos.
Ainda em 1988, Juary regressou ao Brasil onde representou a Associação Portuguesa dos Desportos. No ano seguinte voltou ao seu clube de sempre, o Santos, onde permaneceu até 1992, até que em 1993 terminou a sua carreira no São José Esporte Clube.

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 22:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 12 de Outubro de 2008

Ele é...Mário Jardel!

 

Bem depois de algum tempo sem escrever este artigo do "Ele é...", hoje voltei e com um jogador bastante especial, Mário Jardel Almeida Ribeiro, nasceu a 18 de Setembro de 1973 em Fortaleza.

 

O nosso Super-Mário, um grande Ponta-de-Lança, que foi formado no Ferroviario Altlético clube. Depois do Ferroviário ainda jovem em 1991 foi para o Vasco da Gama jogar 3 anos onde em 39 jogos marcou 22 golos, em 1995 foi para o Grémio, conquistou a Taça dos Libertadores e foi o melhor marcador da competição com 12 golo. No ano seguinte transferiu-se para o F.C.Porto, onde ele orgulha-se de ter jogado e vencido o Penta-Campeonato, em 125 jogos que fez pelo nosso F.C.Porto marcou uns incríveis 130 golos.

Venceu a SuperTaça em 96/97, venceu o Campeonato por 3 vezes em 96/97, 97/98, 98/99 e ainda venceu a Taça de Portugal em 97/98 e 99/00.

Super-Mário não foi apenas importante na equipa por ter sido tantas vezes Campeões mas sim pelos seus tantos golos, foi 4 vezes melhor marcador, em 96/97 marcou 30 golos e venceu a bota de prata, em 97/98 marcou 26 golos, em 98/99 foi bota de ouro com 36 golos e ainda em 99/00 venceu a bota de bronze com 38 golos.

Depois disto tudo, Jardel foi para o Galatasaray, que era então naquele tempo um grande clube europeu, onde jogou 24 jogos e marcou 22 golos, a ida para a Turquia em nada beneficiou a carreira de Jardel que volta para Portugal, novamente para um Grande, para o Sporting onde também foi Campeão e melhor marcador, no Sporting em 49 jogos marcou uns incríveis 53 golos, depois destas grandes passagens pelo futebol, Jardel baixou e muito o seu rendimento, que o levaram a Itália, Ancona apenas 4 jogos e 0 golos, no ano seguinte aparece Inglaterra, Bolton onde também nada facturou em 7 jogos, Super-Mário estava acabado, aquele cabeceador mortal já não existia. Pelo meio houve problemas pessoais de que não vou falar aqui. Entretanto foi para a Argentina para os Newell's Old Bys onde só efectuou 3 jogos sem facturar, a partir daqui Jardel andou de clube em clube teve no Alavés, no Goiás e em 2006, regressou a Portugal novamente, mas não para um grande, mas sim para o Beira Mar, foi uma espécie de despedida de Portugal, fez onze jogos e marcou 3 golos, um jogo frente ao F.C.Porto de certeza que marcou Jardel, que no jogo quando foi substituído foi ovacionado por todos de pé, que levaram Jardel a chorar, foi um grande momento, mas ficou por Portugal apenas por um ano, a seguir foi para o Anorthosis, Newcastle United Jets e actualmente está no Criciúma onde marcou no seu 1º e único jogo efectuado até agora.

Um grande Obrigado, SUPER-MÁRIO!!!

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 22:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 26 de Agosto de 2008

Ele é...Benni McCarthy

 

 

Benedict Saul McCarthy, todos os portistas devem sentir muitas saudades deste Ponta de Lança. Benni McCarthy como ele é conhecido por todos nasceu em 12 Novembro de 1977, na África do Sul.

McCarthy desde muito jovem destacava-se jogando no Ajax, em 1997/1998, onde ganhou o campeonato e a Taça da Holanda, marcou 9 golos em 16 jogos, no ano a seguir venceu mais uma Taça da Holanda. Em 1999/2000 McCarthy veio para um dos campeonatos mais conhecidos do mundo, Espanha, transferiu-se para o Celta de Vigo, assumindo-se logo como titular. Dois anos depois, José Mourinho, pede McCarthy e vem por empréstimo, onde no Celta estava a ter uma época terrivel. McCarthy estreou-se pelo nosso porto a 10 de Fevereiro de 2002, frente ao Benfica onde o F.C.Porto venceu por 3-2. Durante o empréstimo McCarthy fez uma brilhante prestação ao serviço do F.C.Porto, em 11 jogos marcou 12 golos, devido a isso o Celta pediu mais dinheiro por Benny e voltou ao Celta. A época no Celta não podia ter corrido pior apenas jogou 14 jogos e marcou 2 golos, McCarthy queria mesmo abandonar o Celta, para vir para o Colosso F.C.Porto, onde em 2003/2004 transferiu-se, voltando a ser treinado por Mourinho.

McCarthy viria a ter a melhor época de sempre da sua carreira, foi o melhor marcador da Liga com 20 golos e ainda marcou mais 4 golos na Liga dos Campeões, Benny ainda ganhou o Campeonato Nacional, Liga dos Campeões e a Supertaça de Portugal. Na época seguinte Benny marcou 11 golos e venceu a Taça Intercontinental, na época de 2005/2006, McCarthy baixou muito os niveis exibicionais e em 2006/2007 devido a conflitos com o treinador Adriaanse, McCarthy abandona o F.C.Porto e transfere-se para o Blackburn Rovers.Em Inglaterra, no Blackburn ja marcou 26 golos em 65 jogos, mas até agora a sua melhor passagem pelo futebol foi no F.C.Porto, em 86 jogos marcou 46 golos, ganhando diversos titulos entre eles a Champions. Benny McCarthy nunca escondeu o desejo de voltar ao F.C.Porto e de ouvir novamente a sua música entoada pela claque portista("Ehhh Benny McCarthy, uh ah..."). McCarthy marcou todos os adeptos pelo seus jogos fantásticos e golos muitos golos, deixou saudades e todos gostavam de voltar a poder cantar a música dele.

Obrigado Benni McCarthy.

 

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 01:27
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 7 de Agosto de 2008

Ele é...Jorge Costa!

 

Todos os portistas sabem quem é Jorge Paulo Costa Almeida, nasceu a 14 de Outubro de 1971, ele que é conhecido como o "Bicho" ou "Tanque".

Em 1990-1991 começou a sua carreia por empréstimo no Penafiel, participando em 23 jogos e marcando 2 golos, na época a seguir foi emprestado ao Maritimo e participou em 31 jogos e marcou 1 golo, ja era evidente que Jorge Costa era um grande Defesa Central, em 1992 finalmente teve oportunidade de jogar no F.C.Porto, jogou 184 jogos e marcou 13 golos, já era a marca do F.C.Porto, mas devido a uma atitude durante um jogo, em 2002 (Ao ser substituido atirou a braçadeira de capitão para o chão), Octávio Machado tomou uma atitude e Jorge Costa foi emprestado ao Charlton da Inglaterra, fez 24 jogos e não marcou qualquer golo. Na época seguinte regressou ao F.C.Porto até 2005, na época que regressa Jorge Coste foi comandado por José Mourinho e era capitão de equipa ganhando nessa época a Taça Uefa e na época a seguir venceu a Liga dos Campeões e a Taça Intercontinental, desde 2002 a 2005 o "Bicho" fez 67 jogos e marcou 4 golos. Depois destas duas grandes épocas em 2005 chega Adriaanse e o técnico dispensou dos serviços um dos icónes do F.C.Porto, Jorge Costa vai para o estrangeiro novamente, para jogar com o também antigo icóne do F.C.Porto, Sérgio Conceição, no Standard de Liège fazendo apenas 13 jogos e não marcando golos. Na selecção Nacional o "Bicho" também foi um simbolo, foi campeão do Mundo na equipa mitica de Sub-20 em 1991 e desde 1992 até 2002 foi o dono da defesa de Portugal, fez 50 internacionalizações e marcou 1 golo.

Ainda antes da retirada do Futebol, Jorge Costa em 13 de Agosto de 2005, lançou a sua biografia "O Capitão". Mesmo poucos dias de fazer 35 anos, Jorge Costa confirma a sua retirada do Futebol Profissional, em 5 Outubro de 2006, deixando um palméres cheio de Titulos.

Jorge Costa prosseguiu o Caminho do Futebol, sendo Treinador pela primeira vez no Braga, após tendo sido Adjunto de Rogério Gonçalves no Braga. Jorge Costa foi treinador principal do Braga 8 meses até ser despedido. Mesmo á pouco tempo atrás Jorge Costa vai ser pela segunda vez Treinador principal na equipa Algarvia do Olhanense, na Liga Vitalis (Liga de Honra).

Jorge Costa deixou muitas saudades aos adeptos Portistas, aquela segurança no centro da defesa, sempre imperial, com pujança fisica dominava qualquer adversário, com uma grande expriência, Jorge Costa foi e é um dos grandes simbolos do F.C.Porto.

Obrigado e Boa Sorte Jorge Costa.

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 02:01
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 21 de Julho de 2008

Ele é...Hélder Postiga!

É bom relembrar quem é Hélder Postiga, depois de ter abandonado o F.C.Porto para o nosso rival Sporting.

Ele é, Hélder Manuel Marques Postiga, nasceu em 2 de Agosto de 1982 e começou a sua vida no futebol no Varzim. Ainda na idade da formação entrou para o Juvenis do F.C.Porto e mais tarde na antiga equipa "B" do F.C.Porto.

 

Postiga começou a jogar na equipa principal na época 2001/2002, onde era no principio Octávio Machado o treinador. Nessa época de má memória em que o F.C.Porto estava muito para baixo na tabela, sai Machado ainda a meio do campeonato(penso eu) e entra José Mourinho, Postiga com Mourinho passou a ter prestigio de "Estrela" no F.C.Porto marcando 19 Golos ainda com 20 anos. Em 2002/2003 ganhou Campeonato, Taça de Portugal e a Taça Uefa.

 

Hélder Postiga, começava a ser cada ver mais decisivo no F.C.Porto e mais amado pelos Portistas, devido as grandes exibições o Tottenham contrata Postiga por 9milhões.

No Tottenham não fez grande coisa, não se adaptou ao Futebol inglês, jogou em 19 partidas e apenas marcou 2 golos.

 

Em seguida foi convocado para o Euro 2004 e relançou a carreira, até marcou aquele golo de cabeça contra Inglaterra e aquele penalty, que marcou tudo e todos no Euro.

Depois do Euro apareceu o interesse do SLB, mas Postiga fiel afirmou que em Portugal só jogaria no F.C.Porto, então o F.C.Porto não perdeu tempo e contratou Postiga de novo.

 

Bem em 2004/2005 era treinado por Victor Fernandez, Fernandez não apostaria em Postiga, mas com a troca de Fernandez por José Couceiro Postiga ainda conseguiu marcar 3 golos, no meio de uma época desastrosa do F.C.Porto. Em 2006/2007 Co Adriaanse apostou em Postiga na pré-época a nº 10, mas sem se saber o porquê foi despromovido para a equipa B. Depois quando o mercado de inverno abriu Postiga foi emprestado ao Saint-Etienne com opção de compra, em 8 jogos conseguiu 3 golos. No fim do empréstimo regressou ao F.C.Porto.

Foi convocado para o Mundial 2006 mas não jogou ou pouco jogou.

 

Mais recentemente em 2006/2007 a história de Postiga foi com Jesualdo Ferreira, com Jesualdo Postiga impôs-se no onze inicial e manteu uma luta acesa com Adriano por um lugar a ponta de lança até ao fim do campeonato, Postiga ajudou e muito o F.C.Porto a ser Bi-Campeão Nacional, marcou 11 golos em 24 jogos.

Começa uma nova época, 2007/2008, só teve oportunidade de jogar 6 vezes nas primeiras jornadas, pouco utilizado assim sendo foi para o Panathinaikos até ao fim da época por empréstimo.

 

Postiga novamente foi convocado para a selecção e jogou alguns dos poucos jogos da selecção, fez boas exibições e em resultado Postiga assina um contrato de 3 anos com o rival Sporting.

Vamos ver o que nos reserva este ano Postiga no rival Sporting, desejo como é obvio que perca os jogos todos mas que faça uma brilhante época, para mim Postiga é sempre Postiga merece ser acarinhado pelos Portistas e nunca odiado por eles.

Obrigado Postiga e Boa Sorte.

 

 

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 20:43
link do post | comentar | favorito

.F.C.Porto Directo!!

Photobucket Photobucket

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
20
22
23
24
26
27
28
30

.Quantos Dragoes

free hit counter
hit counter

.Último Encontro !

.Jogador da Semana!

Photobucket

.Questionario

Qual e melhor reforco do F.C.Porto?
Beto
Alvaro Pereira
Nuno Andre
Maicon
Miguel Lopes
Prediguer
Belluschi
Valeri
Varela
Falcao
Orlando Sa
Outro
  
pollcode.com free polls

.links

.Classificação

.posts recentes

. Ele é... Juary!!!

. Ele é...Mário Jardel!

. Ele é...Benni McCarthy

. Ele é...Jorge Costa!

. Ele é...Hélder Postiga!

.arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Abril 2008