JOGO FALADO, F.C.Porto - Chelsea, Champions League J-5, no blog Varanda-do-Dragão.
Quinta-feira, 19 de Novembro de 2009

É agora ou nunca...

Depois de tirar umas "ferias" devido ás Selecções, o Varanda-do-Dragão está de volta para voltar as atenções ao melhor clube do Mundo o nosso F.C.Porto.

Pois é, é agora ou nunca que este F.C.Porto tem que acordar e jogar futebol á Dragão, começando já pelo Oliveirense, parecendo um adversário fácil, mas que devido ao mau estado do relvado e á elevada moral da equipa poderá criar algumas dificuldades, mas é este mesmo o derradeiro teste que pode levar esta equipa á conquista do Penta, depois deste primeiro teste que pode ser aproveitado para dar minutos a alguns dos jogadores de Jesualdo, vêm 3 jogos muito mas mesmo muito importantes, primeiro é com o Chelsea que pode decidir quem será o 1º classificado do grupo da Champions League, e obviamente vencer o Chelsea, eleva a moral de qualquer equipa, ainda para mais este F.C.Porto que precisa de um abanão na moral, seguido do Chelsea, regressaremos á Liga, enfrentaremos a equipa sensação deste ano, o Rio Ave, que vem ao Dragão e tarefa fácil não será com certeza.

Depois destes jogos muito importantes aparecem pelo meio Atlético e Setúbal que nos levaram para o jogo que pode ditar muita coisa nesta Liga Sagres, Benfica - F.C.Porto, um jogo em que pode dar uns preciosos pontos para o F.C.Porto se colar, mas para isso teremos que jogar com a mística e a classe que é conhecida na equipa do F.C.Porto desde a final frente ao Juventus, portanto É AGORA OU NUNCA, PODEMOS NO FINAL SER CAMPEÕES, MAS PARA ISSO ATITUDE, GARRA E MISTICA É O NECESSÁRIO!!!

 

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 12:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 10 de Novembro de 2009

Com a Equipa e JESUALDO, FORÇA PORTO!!!

Deixo aqui um belo texto que me foi enviado do site do FcpLink!


Levanta novamente a chama do Dragão
Não penses que com este desânimo colectivo, deixamos de gostar de ti e dos teus esquemas nem sempre óbvios ou eficazes, que abandonamos as nossas firmes convicções e que o nosso coração já não pulsa com a batida sincopada do dragão que sente, que chora, que ri, que exalta este nome místico e simbólico, tão ligado à invicta e férrea vontade de vencer, resistir, lutar contra tudo e contra todos, no limiar das hipóteses. Bem pelo contrário: os nossos berros de desânimo servem para alastrar e magnificar a tua voz, Dragão, que andas apenas pálido e sem a vontade esmagadora de tudo queimar, à tua passagem, como nos tens habituado.
 
Não fiqueis de cabeça baixa da próxima vez que entrarem em campo, pois o estandarte azul e branco necessita rapidamente de ser erguido acima dos que nos atacam sempre com apitos dourados e mancham a nossa competência futebolística e vitórias históricas com rumores e muletas mediáticas que lhes dão carta branca e escaparate diário nas montras das lojas e quiosques.
Essas frentes de exposição pública e jornalistas ou jornaleiros cuja voz interior apaga a sua imparcialidade, faz também parte do séquito que é contra nós mas nos alimenta a chama do descontentamento e que a ti passamos, desta forma, para que possas ouvir bem alto, bem perto, o que te queremos dizer ...
 
Por isso, Jesualdo, não te deixes abater porque a nossa batalha este ano é realmente a de campeão. Tem sido fácil, admito, para ti e para o nosso grandioso clube vencer até por demérito usual dos nossos adversários, nos últimos e repetidos anos. Reflexo da nossa condição de grande clube sem hábito de luta esforçada à altura do que queremos para a Europa - convenhamos e é humilde e de bom tom admitir que o futebol nacional tem o FCPorto e mais 2 equipas e meia - temos ganho sem grande alarido e esmagado; temos habituado os Dragões à exigência do bom futebol e dos passes bonitos, com golos ardentes; temos feito da nossa equipa um baluarte europeu e uma referência financeira nos negócios futebolísticos; temos dado alegrias e asas aos sonhos dos dragões e da cidade, temos projectado o nome da nossa cidade além fronteiras, além de todas as expectativas e esforços feitos para nos manterem como equipa do norte, provinciana e tosca, pequenina, fora do braço salazaresco e da capital. Vencemos, ainda assim! Somos quem somos, assim mesmo.
 
Por isso, escuta, Jesualdo: dá esta carta aos nossos soldados! Este ano, a batalha é forte, com adversários melhores preparados, mais moralizados e mais sólidos.
Daí, berrarmos em alta voz o desconforto que nos vai na alma .... Ganha por todos nós e levanta a chama do dragão ....
 
 
António de Castro
FCPlink.com

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 23:19
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Domingo, 1 de Novembro de 2009

Nunca se esqueçam de quem nós SOMOS!!!

Antes de mais, queria pedir desculpa pela minha ausência Forçada, pois fiquei sem Internet até ao principio deste mês e portanto não pude comparecer por aqui.

Quanto ao jogo frente ao Belenenses jogamos outra vez mal é verdade, mas poderíamos ter ganho, falhamos muitos golos, mas ainda estamos na luta, estamos melhor que no ano passado e estamos a 5 pontos do primeiro classificado o Braga, que de resto está de parabéns pela excelente campanha que está a fazer, mais uma vez o que nos resta fazer ( aos verdadeiros adeptos Portistas ), é apoiar até morrer e sei que muitos da blogosfera azul sabem o que isso significa e sabem que no fim isso dá frutos e muitos frutos portanto para os outros que não sabem ser adeptos verdadeiros ficam com isto:

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 21:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 9 de Outubro de 2009

Setembro em análise...

O mês de Setembro terminou á poucos dias, um mês como se sabe complicadíssimo, com os primeiros jogos da Champions e um Calendário da Liga Sagres difícil, ainda para mais uma equipa que está no principio da sua "carreira".

O mês de Setembro para a equipa do F.C.Porto começou oficialmente no dia 12, contava para a 4º Jornada para a Liga Sagres e era sempre importante vencer, e foi isso que aconteceu, derrotando o Leixões no Estádio do Dragão por 4-1, jogo que ficou resolvido nos primeiros 45 minutos onde o F.C.Porto aos 41 minutos marcava o 4-0, depois disso vimos alguma displicência da equipa Portista e um golo do Leixões.

Depois desta boa vitória frente ao Leixões, iria começar a Champions League frente a uma das melhores equipas da Europa, o Chelsea, fizemos deveras um grande jogo e faltou-nos alguma sorte, um golo de Anelka com muita sorte e um Helton que merecia sair sem golos sofridos na partida, também deu para ver um novo Guarin, que surpreendentemente jogou a titular, regalando Belluschi para o banco.

Depois do bom jogo frente ao Chelsea que não chegou para o empate, veio o SCBraga que se encontrava imbatível no Campeonato e assim se iria manter depois do jogo do F.C.Porto, a vitória foi para os minhotos por 1-0, num péssimo jogo onde Jesualdo deixou Belluschi no banco e claramente a errar ao meter Guarin num jogo deste tipo, o golo do Braga foi de uma extrema desatenção onde de um livre aparentemente inocente, saiu um golo de Alan, o F.C.Porto nos últimos minutos poderia empatar mas mais uma vez faltou a sorte.

Duas derrotas consecutivas no mês de Setembro que já se adivinhava complicado, a equipa conseguiu superar bem as duas derrotas e teve o seu primeiro Clássico frente ao Sporting, desta vez a vitória foi para o F.C.Porto que logo aos 3 minutos se pôs a vencer depois de golo de Falcão, o jogo foi claramente controlado pelo F.C.Porto e assim foi o regresso ás vitórias onde o Sporting pagou novamente a factura, como é hábito.

O mês de Setembro estava no fim e o último adversário era o Atlético de Madrid, o Saldo deste mês era de 2 derrotas e 2 vitórias e este jogo era o "tira-teimas" deste mês, o Saldo acabaria por ser positivo, pois o F.C.Porto venceu o Atlético de Madrid por 2-0 em casa, com um golo á "Madjer" de Falcão e outro á ponta de lança de Rolando, conseguindo assim os 3 primeiros pontos na Champions e conseguindo a 3 vitória no mês de Setembro.

A minha análise a este mês é positiva, mas poderia ter sido melhor, pelo menos um empate com o Chelsea e uma vitória ou empate frente ao Braga, não aconteceu mas não há problema, o que mais interessa é que conseguimos ganhar mais um jogador Guarin e conseguimos consolidar a equipa, nestes últimos jogos já se viu um F.C.Porto melhor, principalmente na frente, Hulk e Falcao com a ajuda de Belluschi a fazerem um grande trabalho, agora há que ganhar os próximos jogos, melhorar a equipa e a concentração na defesa e assim certamente seremos Campeões novamente, eu acredito, no trabalho de Jesualdo e nesta equipa, FORÇA PORTO!!!

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 17:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 9 de Setembro de 2009

E o Dragão de Ouro vai para...

Atleta do Ano: Bruno Alves

Futebolista do Ano: Raul Meireles

Atleta de Alta Competição do Ano: Ricardo Moreira (Andebol)

Atleta Amador do Ano: Sara Loureiro (Natação)

Atleta Jovem do Ano: César Fidalgo (Hóquei em Patins, a título póstumo)

Atleta Revelação do Ano: Fernando Reges (Futebol)

Técnico do Ano: José Alexandre Silva (Natação)

Seccionista do Ano: Manuel Pereira (Basquetebol)

Dirigente do Ano: Paulo Teixeira

Funcionário do Ano: António Costa (FC Porto – Futebol, SAD)

Quadro do Ano: Acácio Valentim (FC Porto – Futebol, SAD)

Sócio do Ano: Rui Pedro Soares

Filiais e Delegações do Ano: Casa do FC Porto de Leiria (Nacional) e Casa do FC Porto de Gross Umstad (Internacional)

Recordação do Ano: Joaquim Tamagnini (a título póstumo)

Dedicação do Ano: Rui Vicente (Desporto Adaptado)

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 00:27
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Setembro de 2009

Setembro o mês de provar o que VALEMOS!!!

Pois é meus amigos, chegou o mês de Setembro o mês do inicio da prova mais cotada da Europa, a Champions League e por isso mesmo chegou o momento para esta equipa nova, como todos os anos, mostrar o seu verdadeiro valor.

Fazendo um balanço dos jogos a equipa do F.C.Porto em 11 jogos ( pré-epoca + época oficial ), apenas perdeu um jogo e empatou 2, sendo que um deles foi na primeira jornada frente ao Paços de Ferreira, a uma bola, certo que é uma equipa renovada e é certo também que estamos fortes, os próprios resultados o mostram, mas também é certo mas muito certo que ainda não nos apareceu pela frente um Braga ou um Chelsea e é isso que nos irá aparecer mais para a frente.

Falando então mais na equipa em si, penso que estamos bem em quase todos os sectores, começando pela defesa, tudo igual, excepto no lado esquerdo, temos Álvaro Pereira que me parece ser um grande jogador, já mostrou que sabe atacar e defender agora esperemos que se comporte bem nos grandes jogos, ele e os restantes 3 defesas, que em principio serão Fucile, Bruno Alves e Rolando.

Da defesa para o meio campo, temos o Fernando, classe é a palavra certa para o "miúdo", apesar de ainda não estar nos seus melhores dias penso que Setembro poderá fazer renascer aquele Fernando implacável na frente da defesa, andando mais uns passos para a frente, aparece o sector que mais me preocupa neste F.C.Porto, um meio campo um pouco adormecido, ainda vá que podemos de vez enquanto contar com uns belos passes de Belluschi, mas por vezes ele e Meireles estão a dormir, não sei ao certo o que se passa com Meireles, mas não se pode dizer dele que está numa fase de adaptação portanto é certo e correcto pedir mais dele, aliás muito mais, pois também é ele que tem a responsabilidade de comandar o meio campo.

Lá na frente este ano ficamos a ganhar, ganhamos um super Varela, e ainda temos 2 goleadores, sendo que poderá ainda aparecer um 3º, Hulk.

Varela para mim é o melhor reforço deste F.C.Porto, mete qualquer defesa em sentido e o mais importante, é um jogador que trabalha para o colectivo, sem querer fintar muito e tenta sempre ser o mais simples possível, nos grandes jogos Varela poderá ser uma arma a explorar, quanto aos marcadores, temos 2 assumidos, o reforço Falcão, 3 jogos 3 golos, é bom de bola e é bastante mexido, e tem um remate potente, quando ao outro é Farias, entra quase sempre para marcar e também já leva 2 golos, quanto ao tal 3º poderá a vir ser Hulk, se melhorar a sua atitude perante os árbitros e continuar a jogar como tem jogado, poderá fazer furor na Europa e com muita pena nossa para o ano sairá certamente.

Posto isto tudo penso que temos tudo para fazer bons resultados em Setembro começando já pelo Leixões e acabando a vencer o Atlético de Madrid, será o mês da superação desta equipa, vamos ver se realmente temos valor para o Penta e para a Champions League, FORÇA PORTO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 16:21
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 3 de Setembro de 2009

Obrigado Ultras!!!

Hoje, em tempo de “férias” do futebol ( tempo selecções ), aproveito para “prestar” Homenagem ao Homem ou melhor aos Homens e Mulheres dos nossos Ultras.

Merecem esta espécie de Homenagem pois são eles que vão sempre com a equipa para todo o lado, e são eles que apoiam a equipa os 90 minutos sempre a gritar, são eles que fazem as belas coreografias que vemos no nosso Estádio, são também eles que muitas vezes levam a nossa equipa “ás costas” e o mais importante, os jogadores da equipa quando tudo corre mal recorrem sempre a nossa claque para pedir apoio, quem não se lembra do ano passado, no jogo frente ao Naval, Bruno Alves foi ter com a claque pedir força e pelos vistos deu resultado.
Como agradecimento a eles todos, ficam aqui com os melhores vídeos e fotos, OBRIGADO ULTRAS F.C.PORTO!!!

 

 

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 23:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 4 de Agosto de 2009

Entrevista a Antero Henrique em OJOGO...

( Entrevista Parcial )

 

Este plantel está fechado ou ainda há espaço para retoques de última hora?

-Nos dias de hoje, todos os plantéis estão sempre fechados e sempre abertos

 

E no capítulo das saídas, Bruno Alves não é uma preocupação?

-Não é uma preocupação, simplesmente porque nada mudou desde a última vez que o presidente do FC Porto falou sobre o assunto, e de forma muito clara. Toda a gente sabe que existe uma cláusula e toda a gente sabe que o FC Porto pretende que o jogador continue. Também é público, porque o FC Porto tornou público, que não há qualquer proposta para a transferência do jogador.

 

Considera que a equipa está preparada para o arranque da temporada?

-Achamos que a equipa está preparada para iniciar as competições porque confiamos nos jogadores que cá estavam e acreditamos nos jogadores que chegaram. Aliás, o FC Porto é a única equipa nacional, a par do Paços de Ferreira, que pode lutar pelas quatro competições internas. Estamos em condições e apetrechados para lutar por essas quatro competições. Para já, vamos à procura de conquistar a 16ª Supertaça e queremos fazê-lo com apoio daquele que consideramos ser o nosso primeiro jogador, não o 12º. Para o FC Porto, para a estrutura, para os jogadores e para os técnicos, o nosso público é o primeiro jogador.

 

Que balanço é possível fazer à pré-temporada que está agora a terminar?

-O balanço desta pré-temporada é muito positivo, desde logo porque demos seguimento às pretensões do treinador no que diz respeito à preparação da equipa, mas também porque conseguimos projectar a nossa marca, participando na Peace Cup. Este torneio veio para a Europa por sugestão do FC Porto, feita há alguns anos, e porque considerávamos que participar num torneio deste tipo no Oriente, nesta fase da temporada, traria grandes custos para a preparação da equipa por causa das deslocações envolvidas. A sua deslocação para a Europa torna-o muito mais interessante em termos daquilo que são os objectivos dos clubes envolvidos, mas também reforça a sua importância situando no principal mercado futebolístico Mundial, um reforço perceptível no nível dos clubes envolvidos na prova deste ano.

 

Resumindo, o FC Porto termina a pré-época sem razões de queixa?

-Não é bem assim. Há algumas coisas que não entendemos. Por exemplo, tenho de manifestar estranheza pelo facto de a RTP, consecutivamente, colocar o FC Porto em terceiro lugar nos alinhamentos televisivos. Ou querem premiar a mediocridade ou então está em causa o interesse pessoal de algum responsável em particular. E esta é uma situação preocupante por se tratar da estação pública. Quando falamos de estações privadas falamos de objectivos comerciais e de políticas editoriais que são avaliadas pelo mercado, mas essa não pode ser a atitude da televisão pública, onde a isenção e a equidistância devem ser a regra. Pelos vistos não são e nós gostávamos de saber porquê.

 

Como viu a pré-temporada dos principais adversários do FC Porto?

-Acredito que este ano o campeonato vai ser muito difícil. É preciso levar em conta que o Sporting contratou dois excelentes jogadores e volta a apresentar uma grande estabilidade quer ao nível directivo, com a continuidade de Pedro Barbosa à frente do futebol, quer ao nível da equipa técnica. No ano passado ficou a apenas quatro pontos do FC Porto, revelando-se um adversário dificílimo até ao final da temporada. Acredito que este ano, sem grandes perdas no plantel e com os reforços contratados, será ainda mais forte e um concorrente de peso.

 

Um grande desafio em perspectiva para a conquista do penta, então?

-O mais difícil dos últimos anos, claramente. Mesmo dos anos a seguir àqueles em que não ganhámos.

 

Prontos para ele?

-Absolutamente preparados.

 

A começar pela Supertaça…

-A Supertaça é muito importante para o FC Porto, pelo seu valor intrínseco, por sermos o clube com mais títulos na competição, mas também se disputar numa fase crucial da temporada. Por isso mesmo, esperamos que os adeptos do FC Porto invadam Aveiro e nos acompanhem em mais esta conquista. O nosso público percebe a estratégia do clube em relação à integração dos jogadores e sabe que pode ter um papel determinante na construção e consolidação da equipa porque entende que a integração dos novos deve ser feita com o auxílio de todos. E é com a ajuda de todos que conseguimos ter equipas fortes e competitivas.

 

 

Considerando que saíram três jogadores importantes e que entraram mais de uma dezena de jogadores novos, até que ponto foi importante manter Jesualdo Ferreira como treinador?

-Foi fundamental. O FC Porto tem um treinador de conceito. O professor Jesualdo Ferreira é um dos principais elementos constituintes da marca FC Porto, como de resto acontece com toda a equipa técnica. É ele o grande coordenador e o grande líder de todo o futebol profissional. Da mesma forma, Will Coort tem responsabilidades no treino dos guarda-redes também no futebol juvenil, enquanto João Pinto coordena todas as acções em torno dos jogadores emprestados pelo FC Porto. José Gomes, para além de ser o braço direito de Jesualdo Ferreira, também participa na definição das linhas de orientação de todo o futebol de formação, a par de Luís Castro, enquanto Rui Barros mantém uma estreita ligação ao "scouting" do clube. De resto, Jesualdo Ferreira é o grande coordenador técnico e líder do futebol profissional e não profissional do clube. Pode dizer-se que a estrutura escolhe os jogadores de acordo com os conceitos dele, e o treinador aprova essa escolha segundo aquele que é o seu método de trabalho e de treino.

 

É, então, o treinador ideal para o FC Porto?

-Sem dúvida. É o treinador ideal por ser multidisciplinar e por ser 100 por cento colaborante com todas as estruturas do clube, desde a formação, até ao "scouting". Existe uma relação de complementaridade entre o FC Porto e Jesualdo Ferreira. Aliás, não é por acaso que ele se tornou no primeiro treinador português a vencer três campeonatos consecutivos. Se é verdade que o FC Porto lhe deu as condições para ele explorar todo o seu potencial, o facto é que esse potencial estava lá e ele soube aproveitar as condições proporcionadas pelo FC Porto. De resto, para além dos resultados desportivos, o sucesso desta parceria entre o FC Porto e Jesualdo Ferreira também é perceptível ao nível dos jogadores que ele formou, que ganhou para a equipa, que saíram para grandes clubes europeus e que, entretanto, ele já conseguiu substituir por outros de igual ou superior valor.

 

E esses jogadores ainda se podem definir como "jogadores à FC Porto"?

-Claro. Procuramos encontrar precisamente jogadores cujo perfil se adequa e integre a marca FC Porto. A nossa marca tem um ADN muito próprio e é com base nele que procuramos jogadores que correspondam a determinadas características desportivas, mas também mentais, sociais e comportamentais. Jogadores à FC Porto. Caso contrário será muito mais difícil construir uma equipa sólida.

 

Rejeita, então, a ideia de estar preocupado em tirar jogadores ao Benfica?

-Essa questão não existe. Não podemos é ser culpados de os jogadores nos preferirem. O mercado está aberto a todos e os jogadores escolhem o FC Porto com base em argumentos desportivos e não financeiros. Se os atletas preferem o FC Porto, se acham que aqui têm mais hipóteses de se desenvolverem, se preferem estar num patamar superior ao nível competitivo, tiramos partido disso, obviamente. O mercado e os jogadores são livres.

 

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 16:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 4 de Julho de 2009

Um Domingo que pode ser decisivo...

É verdade, amanha Domingo, poderá ser um dia muito especial para o F.C.Porto, Portistas e muitas outras pessoas ligadas ao clube, não é porque a pré-época está quase a começar, nem porque irá haver uma final e muito menos por o Campeonato estar perto de começar.

Como se sabe o F.C.Porto tem/ou dizem que tem vários nomes em cima da mesa, uns para substituir Lucho, outros para tapar o buraco em caso de Fernando de lesionar, e muitos desses nomes são jogadores provenientes da Argentina e por isso mesmo Domingo poderá ser uma dia decisivo para a equipa do F.C.Porto pois é este Domingo que o Torneio Clausura acaba e com certeza o F.C.Porto, se realmente estiver interessado, avançará com alguma proposta, aliás segunda a fonte "maisfutebol.iol.pt" diz que o F.C.Porto já apresentou uma proposta por Valeri, um possível substituto de Lucho, ainda

nada foi confirmado pelo F.C.Porto, mas o clube argentino em questão já o afirmou.

No entanto apesar de Valeri ser um dos possíveis reforços, também existem outros nomes sonantes como Buonanotte e o mais "querido" pelos adeptos portistas Javier Pastore que joga com Bolatti e poderá servir de algo para puxar a transferência de Pastore para o F.C.Porto, também pela troca de Bolatti poderá vir Yacob que seria o possível substituto de Fernando a trinco, para substituir Lisandro em caso de venda, também existe uma possibilidade vinda do River Plate, Falcão que é cobiçado também por alguns clubes.

Sem grandes euforias vamos esperar pelo fim do Torneio Clausura e ver o que irá acontecer, Torneio esse que terá o decisivo encontro entre Huracan e Velez para se decidir o Campeão.

Pessoalmente afirmo que gostaria como é obvio de ver Pastore no F.C.Porto mas poderá ser, de todos os possíveis reforços, o mais dificil de obter face á quantidade elevada de interessados como o Palermo, Arsenal e muitos mais, mas resta-me como a todos os portistas esperar para ver, a confiança na Sad e PC é enorme e espero uma surpresa até Agosto.

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 18:45
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 3 de Julho de 2009

"Estão no meu Coração", Diz El Comandante...

 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 19:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Vendas, Compras e Rumores...

Ora bem estamos na altura do expoente máximo da Comunicação Social encher páginas e páginas cheias de mentiras e poucas com verdade e algumas com tristezas, pois claro estamos na época das Vendas, das Compras e o principal, dos Rumores.

Começando pelas vendas/saídas do F.C.Porto até agora foram 5 jogadores com um saldo de 21,5 Milhões de Euros que poderá subir com a prestação do Marselha, a custo zero saiu Tarik Sektioui que já com alguma idade manifestou o desejo de sair para outro clube para poder ganhar os seus milhões, neste momento pelo que se sabe foi para uma equipa Árabe onde lá dinheiro é o que não falta, Tarik foi um bom jogador ao serviço do F.C.Porto e já merecia este prémio, depois também sem encaixe financeiro tivemos o terminar de uma carreira, Pedro Emanuel que já deu o que tinha a dar pelo F.C.Porto, grande capitão que com certeza deixará saudades e que agora se tornou treinador dos Sub-17 do F.C.Porto, também temos o regresso de Madrid ao Braga que era a única solução viável ao caso de Fernando se lesionar e com certeza deveremos procurar um trinco mais fiável do aqueles que temos no plantel, pois Guarin, Tomás Costa, não serão dos melhores para substituir o Fernando, até poderíamos optar por Bolatti que apesar de pouco fazer no tempo que cá esteve pode ser um bom suplente, por fim temos os últimos dois jogadores e esses sim tiveram encaixe financeiro, cerca de 21 milhões, primeiro foram 3 milhões por Paulo Machado para o Toulouse, que para mim foi um excelente negócio visto que Paulo Machado era um jogador que não serviria de muito ao plantel portista e por 18 milhões vimos o nosso El Comandante Lucho Gonzalez a partir rumo a Marselha, até foi um negócio razoável e que pode subir até aos 24 milhões e ai sim será um bom negócio.

As incertezas são de Stepanov, que não se sabe mesmo o que acontecerá ao Sérvio, apesar de não me importar que ele ficasse mais um ano, parece-me ser bom jogador ainda jovem, apenas precisará de mais confiança, outra incerteza é Benitez, com a vinda de Álvaro e com a não saída de Cissokho o F.C.Porto deve com certeza tentar-se "livrar" do jogador que pouco rendeu ao serviço do F.C.Porto e que não combina no estilo de jogo de Jesualdo, continuando na lateral esquerda, Cissokho depois de problemas com os dentes, o Francês tem um futuro incerto, com Milan e Inter na mira agora faltará saber quem dá mais e para quando a transferência, também é quase certo que teremos 20 milhões no cofre com a venda de Lisandro Lopez para o Lyon que com a venda de Benzema tem mais que dinheiro suficiente para Lisandro depois por último a transferência de Bruno Alves que está num impasse onde o Barça não quer dar os 30 milhões, se as transferências de Lisandro, Cissokho e Bruno Alves se concretizarem teremos um total de 85 milhões de euros de lucro e ainda mais uns milhões se Benitez e Stepanov se forem embora o que é bastante aceitável.

Das vendas passamos para as compras onde o F.C.Porto é sempre poupado, 7 jogadores contratados e apenas por volta de 6 a 7 milhões de euros e com jogadores afirmados e com qualidade e jovens, contratamos dois laterais, Miguel Lopes um jovem com talento e muito para aprender com Jesualdo, depois temos também outro jovem mas mais experiente Álvaro Pereira que com certeza iria ser o substituto de Cissokho, ele que até agora é o mais caro de todos por 4,5 milhões, depois conseguimos 2 centrais com qualidade mais que suficiente para o F.C.Porto, o já da casa Nuno André que regressou ao F.C.Porto e o contratado por apenas 1,1 milhões, um central que admiro Maicon e se for pelo nome será com certeza um grande defesa, também apostamos na baliza, algo que me surpreendeu pois o F.C.Porto costuma ter um jovem como 3º guarda redes e este ano será o Nuno pois contratamos um dos melhores guarda-redes portugueses Beto, é uma opção mais que válida para quando Helton tiver aqueles ataques, também poderá fazer com que Helton aumente o seu rendimento e se torne ainda melhor, não foi só na defesa que gastamos dinheiro mas também no ataque com dois dos mais promissores jovens avançados portugueses o já muito conhecido Orlando Sá, que para mim é um dos melhores avançados portugueses, o azar é de estar gravemente lesionado e também contratamos um grande tecnicista Varela que pelo que sei foi por custo zero, o único sector que o F.C.Porto não apostou ainda nada foi a meio campo e dai é que vêm vários rumores nomes como o jovem de 19 anos Pastore poderão estar na lista de interessados, apesar de eu pensar que ele opte pelo Palermo, depois temos rumores que indicam Daniel Carvalho, Buonanotte, Valeri, Culio, Van Der Vaart e Hleb embora os últimos dois não acredito que o F.C.Porto os fossem contratar até porque Van Der Vaart não é com certeza um jogador á Porto.

Para terminar pelo que parece Ibson vai ser vendido apesar de ser um bom jogador e Bolatti também pelo que parece é o sonho dos Argentinos algo em que o F.C.Porto deve aproveitar e tentar fazer um bom encaixe financeiro com os dois jogadores se Jesualdo não optar por ficar com eles.

Ora bem face isto tudo a equipa no fim de tudo poderá vir a ser a seguinte, Guarda Redes: Helton, Nuno e Beto, Defesas Centrais: Rolando, Maicon, Stepanov e Nuno André, Defesas Direitos: Fucile, Sapunaro e Miguel Lopes, Defesas Esquerdos: ??Benitez?? e Álvaro, Trinco: Fernando e (Guarin), Médios Centros: Tomás Costa, Raul Meireles, (Guarin), Extremos: Mariano, Varela e Rodriguez e Pontas de Lança: Hulk, Farias e Orlando Sá.

Para o F.C.Porto ser Penta Campeão precisará de mais uma ou duas opções a meio-campo e assim poderemos ter uma grande prestação a nível interno e externo. 

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 00:08
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 17 de Junho de 2009

Um brilhante Final...

O capitão do F.C. Porto, Pedro Emanuel, decidiu terminar a carreira. O defesa portista, de 34 anos, irá continuar no emblema azul e branco, como treinador dos juvenis, que este fim-de-semana se sagraram campeões nacionais.

«No final da época conversei com os dirigentes, que me propuseram a continuidade, mas, ao mesmo tempo, puseram-me num dilema porque me fizeram um convite bastante tentador», disse, em declarações à «Lusa». «É o fechar de um ciclo, estava na fase descendente e nada melhor do que terminar como campeão e a ganhar a Taça», acrescentou.

O defesa explicou ainda que o projecto apresentado e o modo como se trabalha no F.C. Porto o aliciam e que não há «nada melhor para quem vai iniciar uma nova forma de vida do que iniciá-la numa estrutura como a do FC Porto, numa equipa de sub-17 que foi campeã».

Pelo F.C. Porto, o agora ex-capitão portista conquistou cinco campeonatos nacionais, aos quais se junta um outro pelo Boavista. Nos axadrezados ganhou ainda uma Taça de Portugal, troféu que, pelos azuis e brancos, conquistou por três vezes.

Pedro Emanuel também levantou uma Supertaça portuguesa para além dos títulos internacionais pelo F.C. Porto: uma Taça UEFA, uma Liga dos Campeões e uma Taça Intercontinental.

In Mais Futebol.iol.pt

 

PS. OBRIGADO POR TUDO GRANDE CAPITÃO, PEDRO EMANUEL.

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 00:15
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 14 de Junho de 2009

Mariano em Entervista...

(Entervista Parcial)

Ainda se lembra do tempo em que era assobiado no Estádio do Dragão?

Sim, claro [risos]... Era normal, porque cheguei com estatuto. Foi um problema meu: não me preparei bem; cheguei mal em termos físicos; pensei que ia ganhar confiança muito mais rapidamente; não estava bem preparado, mentalmente, para o que ia ser o campeonato português e a exigência de um clube como o FC Porto... Fazia uma ideia errada daquilo que acabei por encontrar. Para além disso, já cheguei no final da pré-temporada e o Tarik acabou por realizar uma época fantástica. Fui perdendo o meu espaço e, ao mesmo tempo, a confiança. Acho que não estava preparado para chegar e não jogar.

Que balanco faz desta época a nível pessoal?

Tive a possibilidade de começar a temporada na equipa titular depois da saída do Ricardo (Quaresma). O treinador deu-me confiança, mas acabei por ter azar com a lesão, que me obrigou a perder um mês de competição. Nesse período, apareceu o Hulk, e tive de lhe dar espaço. Mais tarde, o treinador começou a dar oportunidades a todos os jogadores, não só a mim, mas também ao Tomás Costa, Guarín, Farías, e isso deu-nos confiança a todos. Continuámos a vencer os jogos, mesmo quando os titulares ficavam a descansar, e isso deu confiança para que todos pudessem demonstrar o que realmente podem fazer.

Ficou satisfeito com o facto de Jesualdo Ferreira ter renovado contrato por mais dois anos?

Não vou esconder que fiquei muito contente com a continuidade do treinador. Ele apostou em mim, deu-me toda a confiança que se pode dar a um jogador, e, por sorte, para mim e para ele, conseguimos os resultados e os objectivos pretendidos. Sendo assim, considero que é uma aposta válida e que me deixa muito contente. Vamos continuar a trabalhar da mesma forma, já nos conhecemos há dois anos, tenho uma excelente relação com Jesualdo, e já sei o que ele pretende. Será mais fácil trabalhar com ele do que seria com qualquer outro treinador.

Antes de mais, os jogadores mais novos, como o Lisandro ou o Lucho, quando chegaram, ou, mais recentemente, o Rodríguez, o Hulk ou o Cissokho, têm qualidade. E, sem isso, nada feito. Depois, aqui os jogadores têm as condições ideais para melhorar em todos os aspectos: para começar, melhoram a qualidade de vida, porque normalmente chegam de clubes pouco conhecidos; também temos um grupo fantástico, sinceramente não sei se haverá algum melhor, e isso é importante; depois também há o treinador, que ajuda muito os jogadores a melhorar, sobretudo nos detalhes que muita gente não vê, mas que são fundamentais no futebol; e a organização do clube também é excelente. Nunca nos falta nada, e os jogadores só têm de se preocupar em jogar futebol. São-lhes oferecidas todas as condições para melhorarem e evoluírem. Esse é o segredo.

Qual é a importância que atribui ao facto de poderem entrar para a história como sendo a segunda equipa a conquistar um pentacampeonato. Isso tem algum peso na motivação para o próximo ano?

Isso é muito importante e motivador, porque são os títulos que marcam a história, não as exibições ou um jogo em particular. Se queremos ser grandes, é preciso vencer tudo o que temos ao nosso alcance. Este grupo é muito ambicioso, quer sempre mais, e sabemos que no próximo ano vamos voltar a ter uma caminhada dura. Chegar ao fim no primeiro lugar vai ser um desafio muito grande, e neste momento estamos de férias já com o pensamento de que temos de ganhar o próximo campeonato. Ou seja, estamos a descansar, mas também a preparar-nos para o que vem a seguir. Aqui, no FC Porto, não há tempo para festejar. E dou um exemplo: conquistámos o campeonato, festejámos, mas dois dias depois já estávamos a preparar o jogo com o Braga, que antecedia a final da Taça de Portugal. É verdade que agora vamos conseguir descansar, com a nossa família, no nosso país, e dá para desligar um pouco a bateria. Mas eu, por exemplo, não me posso desleixar. Se me distraio, regresso aos treinos com mais cinco ou seis quilos [risos].

Depois da primeira época apagada, estava à espera que o FC Porto investisse três milhões na compra do seu passe?

Tinha a esperança de continuar, apesar de ter tido dúvidas, porque comecei muito mal, em todos os aspectos. Apesar disso, tive sempre o apoio das pessoas no clube e tive sempre consciência de que o problema era meu. Depois, aos poucos, fui jogando mais e melhor, participei na final da Taça de Portugal, contra o Sporting, e nessa altura comecei a pensar que tinha possibilidade de continuar. Quando o clube me comunicou que ia comprar o meu passe, fiquei mais tranquilo e feliz. Sei que poucos clubes teriam feito o mesmo. Se me perguntarem porque o fizeram, não sei responder... Isso teriam de perguntar ao treinador ou ao presidente.

Qual foi o jogo mais marcante a nível pessoal?

É difícil encontrar um... Bem, o mais feliz foi o de Manchester, apesar de ter jogado apenas dez minutos. Pelo que significou, e por ter tido a possibilidade de fazer um golo, transformou-se num momento de grande felicidade pessoal. Mas não é fácil encontrar um jogo, porque sou muito exigente comigo. Às vezes, quando chego a casa, dizem-me que joguei muito bem e eu acho que não joguei nada, que fui um desastre. Tenho uma forma muito própria de ver o futebol.

Sentiram que podiam ter ido mais longe na Liga dos Campeões?

Tivemos azar, porque perdemos o jogador mais importante da equipa no momento mais decisivo da época. O Lucho é muito importante para nós, não só por aquilo que joga e representa - ele é um símbolo do clube -, mas também pela confiança que transmite à equipa. Todos os jogadores seguem o que ele pensa e faz, e, frente a uma equipa tão organizada, como é o caso do Manchester United, precisávamos de um jogador como ele. Tivemos atitude, confiança, fizemos um bom jogo colectivo, mas não conseguimos vencer uma equipa muito experiente. Estivemos perto, fizemos todos os possíveis para ultrapassar a eliminatória, mas as pessoas não se podem esquecer de que encontrámos pela frente um adversário que chegou à final e que voltou a estar perto de vencer a competição.

Qual é a importância que Lucho tem na equipa?

Para começar, como pessoa tem nota máxima. É um excelente homem, uma pessoa espectacular, humilde, simpático, bem-humorado e está sempre a pensar no que é mais importante para o grupo. Coloca sempre os objectivos da equipa à frente dos dele e é por isso que ele é o capitão desta equipa. Depois, há o lado desportivo, mas acho que aí não é preciso dizer muito, porque toda a gente sabe do que ele é capaz.

Consegue imaginar o que aconteceria se o FC Porto não tivesse de vender todos os anos alguns dos seus principais jogadores?

Se não tivesse de vender, tenho a certeza de que tinha todos os anos condições para vencer a Liga dos Campeões. Está provado que os jogadores que saem daqui, como Anderson, Pepe ou Bosingwa, têm condições para serem dos melhores nos grandes clubes europeus. Não foi por acaso que o FC Porto ainda recentemente venceu a Champions. Este clube sabe escolher os jogadores. Por outro lado, se eles não tivessem sido vendidos eu, provavelmente, também não tinha lugar nesta equipa [risos].

Disse, várias vezes, que precisava de apoio psicológico. Chegou a tê-lo?

Sim, cheguei, mas antes de falar nisso quero dizer que sempre tive o total apoio dos meus companheiros, o que foi muito importante. Na altura, também falava muito com a minha mulher, mas desvalorizava sempre o que ela me dizia. Curiosamente, a mensagem que o psicólogo me transmitiu foi a mesma [risos]. Ou seja, nesse período, fui retirando ensinamentos de várias pessoas. Quando estava a falar com o treinador, que é uma pessoa muito experiente, retirava informações sobre a forma como tinha de jogar para me impor no futebol português; quando falava com a minha mulher, dizia-lhe sempre que ela não percebia nada [risos]; e quando conversava com o psicólogo, abordávamos questões mais pessoais. Ou seja, todos me ajudaram a ultrapassar aquela fase, embora de formas diferentes.

Marcador:
publicado por varanda-do-dragao às 18:50
link do post | comentar | favorito

.F.C.Porto Directo!!

Photobucket Photobucket

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
20
22
23
24
26
27
28
30

.Quantos Dragoes

free hit counter
hit counter

.Último Encontro !

.Jogador da Semana!

Photobucket

.Questionario

Qual e melhor reforco do F.C.Porto?
Beto
Alvaro Pereira
Nuno Andre
Maicon
Miguel Lopes
Prediguer
Belluschi
Valeri
Varela
Falcao
Orlando Sa
Outro
  
pollcode.com free polls

.links

.Classificação

.posts recentes

. É agora ou nunca...

. Com a Equipa e JESUALDO, ...

. Nunca se esqueçam de quem...

. Setembro em análise...

. E o Dragão de Ouro vai pa...

. Setembro o mês de provar ...

. Obrigado Ultras!!!

. Entrevista a Antero Henri...

. Um Domingo que pode ser d...

. "Estão no meu Coração", D...

. Vendas, Compras e Rumores...

. Um brilhante Final...

. Mariano em Entervista...

. Amigavel de Beneficiência...

. As Pegadas do Tetra...(Pa...

. De mim para VÓS TODOS...(...

. Vencer o Campeonato Sem D...

. De mim para VÓS TODOS...

. As Pegadas do Tetra...(Pa...

. Carlos Alberto, Deco e Al...

. Foi assim há 6 anos no ca...

. As Pegadas do Tetra...(Pa...

. As Pegadas do Tetra...(Pa...

. Assim é que se constroi u...

. Só agora e para quando?!

. Afinal quem é que esta em...

. F.C.Porto e Braga, os úni...

. O melhor dos MELHORES, VI...

. Acreditar, não custa...

. DE MIM PARA TODOS VÓS...O...

.arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Abril 2008