4 comentários:
De dragaoatento a 25 de Novembro de 2009 às 22:32
Na forma actual da equipa azul e branca, tendo em conta a forma como vem jogando só por milagre poderia acontecer uma vitória do FC Porto.
Na minha opinião, os Dragões conseguiram equilibrar o jogo durante os primeiros 30 minutos, jogando ao primeiro toque e por isso mesmo conseguindo realizar jogadas de belo efeito. Numa delas com um pouco mais de sorte o remate do Beluchi ao travessão até podia ter dado golo. A partir daqui o Chelsea controlou o jogo como quis e marcou quando quis, alcançando mais uma saborosa vitória para as suas côres.
É um facto que a equipa do FC Porto este ano está mais fraca. E a responsabilidade é em parte da FC Porto-Futebol, SAD, pois as aquisições para colmatar a saída dos: Cissokho, Lucho e Lisandro, não foram preenchidas com jogadores de qualidade equivalente, daí eu achar em face dos resultados, que a equipa esta época é qualitativamente inferior à da época passada.
Outro aspecto também muito importante é o facto da equipa jogar mal. Os automatismos não se verificam, ou só acontecem durante 20 a 30 minutos! Levando-me a pensar se tal facto não será devido a uma deficiente condição física...?!
Conclusão: o trabalho da equipa técnica chefiada por Jesualdo Ferreira esta época está a decepcionar...! Vamos ver até quando.
De dragão Vila Pouca a 26 de Novembro de 2009 às 08:46
Eu vi claros sinais de retoma no jogo do F.C.Porto frente a uma das três melhores equipas da Europa. Vi um Porto que, principalmente na primeira-parte, merecia mais do que conseguiu e vi um Porto que, embora não tenha jogado tão bem na segunda, jogou o suficiente para justificar outro resultado. É óbvio que a retoma tem de ser consolidada e para isso, entre outras coisas, é fundamental melhorar a grande pecha da equipa que é a péssima qualidade de passe. É também, importante que Jesualdo perceba que Belluschi é fundamental, mesmo que fiquemos com a certeza que o argentino é mais 10 que 8. Assim como é importante que Fernando se convença que não pode ser um jogador só para destruir e comece a passar bem, caso contrário o seu lugar tem de ser repensado. Resumindo, com o regresso em breve de Fucile, com as melhorias notórias de Raúl e Rodríguez, acho que ainda vamos a tempo.

Justa a homenagem ao Grande Deco.

Um abraço

De dragaoatento a 26 de Novembro de 2009 às 17:03
Prestação da equipa do FC Porto em confronto com a do Chelsea

Hulk pseudo craque (fiasco)
Durante a primeira parte até se pode dizer que a equipa azul e branca equilibrou bem as operações a meio-campo não permitindo grandes veleidades ao Chelsea cuja equipa não conseguiu impor o seu (deles) jogo.
O problema começou a surgir quando o Jesualdo substituiu o Varela pelo Hulk . Conhecendo-se as dificuldades do Sapunaru em questões de velocidade e sabendo-se que o Hulk agora, tem a mania que é craque, e por isso não se preocupa em ajudar o colega da faixa a defender, é pouco solidário, aí começou a derrota dos Dragões até porque Sapunaru estava a revelar sentir-se já algo cansado. É que o Varela enquanto jogou, não só foi muito mais eficaz a atacar como a ajudar o Sapunaru, do que o Hulk cuja ajuda ao lateral nunca existiu. Outro dado importante, é o incrível facto do Malouda conseguir percorrer toda a sua faixa de terreno, andar acima e abaixo o tempo todo de jogo e os nossos avançados que jogam nas faixas laterais não conseguem! O mesmo se pode dizer das actuações do Anelka e do Drogba, avançados muito móveis, sempre em movimento, alardeando uma condição física fantástica! Outro aspecto do jogo é o facto do Chelsea conseguir defender sempre com muita gente. A equipa é um autêntico harmónio.
Esta é umas das diferenças muito importantes direi até cruciais entre as duas equipas em confronto. Enquanto todos os avançados do Chelsea estão mentalizados e devidamente preparados para defender, alguns avançados da equipa azul e branca (alternativo laranja) esquecem-se de ajudar os colegas da equipa.
Também me causa uma certa estranheza a passividade dos dois centrais e do Beto, os quais ficaram estáticos, sem reacção, no lance do golo do Chelsea. Consentiram que o Anelka cabeceasse perfeitamente à vontade para o lado que quis! Nem sequer tentaram esboçar estorvar o dianteiro do Chelsea, o qual teve tempo e espaço para finalizar à vontade.
De Dragaopentacampeao a 26 de Novembro de 2009 às 21:28
Incrível a facilidade com que os jogadores portistas oferecem a bola ao adversário, a falta de qualidade do passe (qualquer equipa fatela tem melhor troca de bola)e ainda a gritante ineficácia do remate. São estes os grandes defeitos de que enferma esta equipa.

A este propósito, Falcao tem evidenciado uma forte incapacidade para fazer golos, depois de um período em que chegou a prometer muitos. Gostei da espontaneidade do remate de Belluschi, criando muito perigo sempre que rematou.

A equipa continua a acumular erros crassos que nos vão custando, pontos e... dinheiro.

Mas está à vista que com o Professor Jesualdo estamos condenados a jogar desta forma.

O melhor do jogo foram as reacções dos adeptos, quer no apoio à equipa como na homenagem justa que dedicaram ao «nosso» Deco. Mais um motivo que me enche de orgulho.

Um abraço

Comentar post